Arquivo Diário: Maio 2, 2018

Concursos

Caros Trabalhadores da UA
No sentido de informar todos os trabalhadores da UA sobre a questão dos últimos procedimentos concursais, transcrevemos de seguida o ponto 7 da ata de 26 de setembro de 2016 entre a Reitoria e a CTUA:

Ponto Sete- Política de reajustes nas carreiras de pessoal não docente – Ponto de situação

Sobre a política de reajustes nas carreiras de pessoal não docente, foi referido que se verificam alguns desajustes ao nível do enquadramento de alguns funcionários nas carreiras de pessoal não docente, e que o processo de ajustamento/regularização está a decorrer.

Assim, tendo em consideração a complexidade das funções desempenhadas e o mérito com que as pessoas cumprem as funções, foi decidido pela abertura de procedimentos concursais em regime privado a três níveis:

1. Desajuste da categoria dos trabalhadores face à complexidade das funções desempenhadas e ao mérito com que as desempenha – estando prevista a abertura de 12 procedimentos concursais.

2. Desajuste da posição remuneratória do trabalhador face à complexidade das funções desempenhadas e ao mérito com que as desempenha, estando prevista a abertura de procedimentos concursais que possibilitem o ajustamento da posição remuneratória de um conjunto de trabalhadores, cabendo aos dirigentes de cada Unidade a identificação dos trabalhadores nessa situação de reconhecido mérito e a priorização dos casos. Perspetiva-se que cada Unidade Orgânica de Ensino e Investigação identifique um perfil (RH) e que cada Serviço identifique dois. O Conselho de Gestão fará a avaliação integrada das propostas e a sua validação. Só depois será definido um calendário para abertura dos procedimentos concursais.

3. Preenchimento de lugares de chefia previstos na orgânica – prevê-se ainda em 2016, abertura de sete a oito procedimentos concursais para preenchimento dos lugares de chefia, Chefe de Divisão STIC, Chefe de Divisão SBIDM, Chefe de Divisão ACAL, Adjuntos de Direção para Unidades Orgânicas e Coordenadores de 3º nível para serviços cuja dimensão das equipas e complexidade da atividade o justifiquem.

Todos os procedimentos concursais são relativos a contratos em regime privado, pelo que foi abordada a necessidade de se informar os potenciais contemplados para preenchimento dos lugares e sobre as diferenças existentes entre os dois regimes.

 

 O secretariado executivo da CTUA